Pausa que é fim-de-semana.

“É mais fácil fazermos ouvidos de mercador e concentrarmo-nos noutro telefonema ou email, filme, garrafa de vinho, cigarro, charro ou outro auxiliar para entorpecer a mente. Tudo vale, desde que a nossa atenção não se fixe nesse animal interior inquieto que tememos nunca conseguir satisfazer verdadeiramente.”

fcc70486a3f0f9bf128e7c052e904e5a

Estas são as palavras de David Servan-Schreiber no seu livro “Anticancro – uma maneira de viver“. Uma reflexão certeira a poucas horas de entrarmos em fim-de-semana das mil e uma coisas que nos distraem o pensamento diariamente.

Mais do que uma história na primeira pessoa, pode ler o resultado da investigação que David (médico e neurocientista cognitivo francês)  fez na procura de um programa Anticancro que contibuísse para manter a vida seja qual fosse o desfecho.

Fica a sugestão  de leitura.

Bom fim-de-semana!

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *